terça-feira, 21 de junho de 2011

Financiamento Coletivo

Agora por todos os lados a palavra "coletivo" pegou, a TI trouxe de volta aquela sensação de que a união faz a força, nas compras coletivas os preços mais baixos de produtos e serviços vem agradando a muitos, principalmente as mulheres e as suas sessões de embelezamento em SPAs e afins.

Nessa onda do coletivo o que poucos sabem e que a área de tecnologia também proporcionou é a possibilidade do financiamento coletivo ou em inglês crowdfunding, isso mesmo, todos financiam um projeto que tenham interesse. Mas pera ai, o que eu ganho com isso? Vamos lá, um exemplo simplificaria as coisas nessa hora.

Imaginem uma banda, e essa banda gostaria de gravar o seu primeiro disco independente. Ao invés de ir ao banco e fazer um financiamento e a partir dai gravar seu CD eles se cadastram em um site de financiamento coletivo. Desse momento em diante, um prazo é determinado para encerrar aquela ação que viabilizará o projeto, por exemplo 20 dias, nesse período quem gosta e conhece a banda faz suas doações o tanto que acharem justo, R$1,00 R$5,00 R$10,00 R$100,00 e por ai vai. No fim dos 20 dias quem colaborou receberá uma "contrapartida" ou seja vc que ajudou terá algo em troca, dai no caso dependerá do valor empregado, no caso da banda poderá ser um ingresso para um show, um CD, ir ao camarim, fazer parte de um clipe da banda etc.

É importante ressaltar que, caso a banda não consiga angariar o valor total para viabilizar seu projeto, quem colaborou não perde o seu dinheiro. Vc só é debitado caso ao fim do projeto o valor total tenha sido arrecadado.

O interessante é que isso vem viabilizando diversos projetos culturais independentes e que possuem pouca visibilidade na grande mídia, fazendo com que a união faça a força.

Abaixo segue uma lista de sites de financiamento coletivo, existem filmes, apresentações de orquestras, enfim uma infinidade de coisas. Repasse essa ideia para seus amigos ;)

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Recuperando arquivo deletado no Linux

Estou no momento escrevendo minha monografia de pós graduação, enfim ela estava no meu pen-drive para dar mobilidade para acessar o arquivo no meu computador do trabalho e no meu notebook, até ai tudo bem.

Precisei usar o pen-drive, fiz uma cópia dos arquivos para o computador do trabalho e apaguei o pen-drive, fiz o que precisava fazer e quando fui voltar os arquivos do backup pro pen-drive verifiquei que os arquivos não tinha sido copiados corretamente, então iria deletar novamente o conteúdo do pen-drive e copiar novamente o backup, só que nesse momento crítico utilizando o Nautilus, gerenciador de arquivos usado no ubuntu ( parecido com o Windows Explorer) deletei justamente a pasta de backup. Ah! Não foi apenas delete e o arquivo foi para a lixeira, sempre deleto com shift+del nesse caso o arquivo tinha ido pro espaço e tudo o que tinha feito também.

Após me recuperar do gelo na barriga, resolvi entrar de cabeça no problema e pesquisar na internet como recuperar o arquivo, a primeira coisa que identifiquei é que os programas são feitos de acordo com o tipo de formatação do HD, ext2, ext3, ntfs etc. No meu caso é ext3, pesquisando mais um pouco achei o programinha chamado ext3grep.

Primeiro tive que fazer com que o programa lesse todos os arquivo possíveis para restauração já que nem tudo pode ser restaurado.

sudo ext3grep /dev/sda3 --dump-names

Repare que tive que colocar o dispositivo mesmo e não o ponto de montagem ou disco que ele representa.

Depois de listar várias coisas, demorou pra caramba porque achou vários outros arquivos já deletados, havia feito uma limpa de arquivos duplicados recentemente (motivo para um outro post, um programinha que realiza o hash dos arquivos para identificar duplicidade dos arquivos).

Achei o local onde se encontrava o meu arquivo e mandei logo o comando.

sudo ext3grep /dev/sda3 --restore-file pedro/pendrive_27102010/Monografia.doc

No diretório onde eu havia digitado o comando, surgiu um diretório RESTORED_FILES, dentro desse diretório ele criou toda a hierarquia das pastas e no final o meu arquivo.

Ufa!!! Salvei meu dia, mas tava com a cabeça ainda meio pesada!!!